5 de fevereiro de 2019
MKS é lugar de arte: J. Cândido vira cenário em obra artística

Arquitetura, moda, fotografia, design… tudo é arte! E quando elas se encontram, o resultado não tem como dar errado.

Quem conhece a MKS sabe que tratamos nossos empreendimentos como verdadeiras obras de arte. Não é à toa que nos consideramos artesãos. Acreditamos na boa arquitetura e boa engenharia, por isso queremos causar um impacto positivo na cidade com nossos empreendimentos.

Além da arte presente no design de cada projeto, que pode ser percebida nos pequenos detalhes dos nossos prédios, também optamos por colocar, sempre que possível, um pouquinho de arte nos espaços comuns dos empreendimentos. Seja em uma ilustração que relembre importantes pontos da cidade, feitas pelo Leandro Selister no Casa América e Filadélfia, ou nos grafites de Jotapê Pax (PaxArt) no salão de festas do Manoel Py 21 e no J.Cândido.

Com ambos os artistas, nossa parceria é antiga. Desde 2014, eles nos ajudam a personalizar nossos empreendimentos, deixando os espaços cotidianos mais “incomuns” através de sua arte. Locais que poderiam ser comuns, aqueles pelos quais passamos todos os dias, ao sair ou chegar em casa, transformam-se e ajudam a quebrar a rotina.

Suspeitamos que tenha sido justamente nossa paixão por arte o que atraiu o olhar da visual designer e fotógrafa Débora Schaan.

Em seu trabalho de conclusão de curso, a então graduanda em Design Visual da UFRGS desenvolveu o projeto “Design editorial para grife de moda transformável”, em que desenvolveu um look book sensorial e guia do usuário para a marca de moda transformável OMINIMO.

O ensaio de fotos para seu projeto foi realizado nos ambientes do J. Cândido e, mesmo já conhecendo cada cantinho do empreendimento, nós ficamos abismados com o olhar captado pela fotógrafa!

mks-obra-arte-ensaio-02 mks-obra-arte-ensaio-03 mks-obra-arte-ensaio-04 mks-obra-arte-ensaio-05 mks-obra-arte-ensaio-06 mks-obra-arte-ensaio-07 mks-obra-arte-ensaio-08

Confira o ensaio completo aqui.

Gostou? É de tirar o fôlego, né?! Uma curiosidade: as modelos estão usando a mesmíssima peça, que é transformada através de diferentes dobras. Essa pluralidade e dinamismo tem tudo a ver com a MKS. Um imóvel, por si só, já exerce uma multiplicidade de funções, mas sempre é possível descobrirmos um novo olhar!

No J.Cândido, por exemplo, graças ao poder dos brises de sua fachada, cada vez que olhamos para o prédio ele está diferente — e agora essa visão se estende para todos os espaços. Depois desse ensaio, as escadas, garagem e corredores nunca mais serão os mesmos. A arte está em todo o lugar, basta que você tire um tempo para enxergá-la.

mks-obra-arte-ensaio-09

Quer conhecer outras obras de arte da MKS? Acesse aqui.

Voltar
Vamos conversar?
Entre em contato conosco através do formulário abaixo ou pelo e-mail. Responderemos o mais breve possível.

quero que entrem em contato comigo através do whatsapp