22 de janeiro de 2019
4 cidades brasileiras que são o destino ideal para quem ama arquitetura e engenharia

Edifício 360º, em São Paulo, por Isay Weinfeld

Arquitetura e engenharia são áreas que requerem inspiração e boas referências. As cidades são locais privilegiados para observar obras arquitetônicas e de engenharia, bem como cada um dos seus detalhes. Por todos os lados encontramos espaços projetados e pensados em termos de funcionalidade, organização e estética. A cidade é composta pela diversidade de sentidos e ambientes, que perpassa por questões referentes aos usos dos espaços, relações de sociabilidade, memória e cotidiano.

As construções dos espaços demarcam também o tempo histórico em que estão inseridas. A memória de um lugar fica visível através de casas e prédios. Por isso, a MKS selecionou 4 cidades brasileiras que, por meio de suas edificações, contam um pouco da história da arquitetura e da engenharia no Brasil.

Brasília (DF)

cidades-brasileiras-arquitetura-02

Reconhecida pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade desde 1987, Brasília é um marco do urbanismo e da arquitetura moderna. O projeto da nova capital brasileira foi concebido por Lúcio Costa em 1957, ficando Oscar Niemeyer como o responsável pela arquitetura dos edifícios. O então presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek, idealizou Brasília enquanto um projeto de expansão, povoamento e progresso para o interior brasileiro.

Passear por Brasília é perceber a magnitude da ação e do esforço humano para construir uma majestosa cidade no cerrado brasileiro, entre as largas e espaçadas avenidas. Brasília é considerada uma síntese do Brasil, entre o belo e o funcional de suas construções, entre a modernidade dos concretos armados e as curvas de inspiração barroca. Não deixe de visitar o Palácio da Alvorada (foto acima), o Congresso Nacional, a Catedral de Brasília, o Palácio do Planalto e a Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima.

Belo Horizonte (MG)

cidades-brasileiras-arquitetura-03

Em Belo Horizonte, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha recebeu da Unesco, em 2016, o título de Patrimônio Mundial. Oscar Niemeyer é responsável pelo projeto do complexo que cerca a lagoa artificial da Pampulha, executado entre 1942 e 1944. O projeto envolveu a construção da Igreja São Francisco de Assis, que conta com azulejos assinados por Candido Portinari, um cassino, que hoje abriga o Museu de Arte da Pampulha (MAP), um clube e um salão de bailes.

Inaugurada em 2010, a Cidade Administrativa de Minas Gerais, sede do governo do estado, é também um destino para quem deseja apreciar a arquitetura moderna e inovadora de Oscar Niemeyer.

Rio de Janeiro (RJ)

cidades-brasileiras-arquitetura-05

O Rio de Janeiro conta a história do Brasil através de construções que marcam períodos diversos do nosso passado. Desde prédios do tempo em que foi capital e sede da família real portuguesa a construções modernas que são referências arquitetônicas.

Para os amantes de arquitetura moderna brasileira, é imprescindível colocar no roteiro o Palácio Gustavo Capanema, projetado por Lucio Costa, Carlos Leão, Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, Ernani Vasconcellos e Jorge Machado Moreira. O projeto contou com consultoria com o mestre da arquitetura modernista, Le Corbusier. O uso de pilotis, planta e fachada livres, brises e terraço verde, é o marco de uma arquitetura pensada nas especificidades brasileiras.

Não deixe de visitar também o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), a Casa das Canoas, projetado por Oscar Niemeyer para ser sua residência, e o Parque Eduardo Guinle — obra de Lucio Costa. Para apreciar arquitetura contemporânea, o Museu de Arte do Rio (MAR) é o lugar ideal.

Para quem quer conhecer umas das maiores obras de engenharia do país, a Ponte Rio-Niterói, com seus 13,29 km de extensão é, atualmente, a 11° maior ponte do mundo.

Leia também: 8 lugares do mundo que todo arquiteto deveria conhecer um dia

São Paulo (SP)

cidades-brasileiras-arquitetura-04

São Paulo encanta com suas linhas, formas e detalhes arquitetônicos. A cidade reúne grandes obras brasileiras, como a arquitetura modernista de Lina Bo Bardi, que projetou o Museu de Arte de São Paulo (MASP), a Casa de Vidro e o Sesc Pompéia. Paulo Mendes da Rocha é outro ícone da arquitetura brasileira. Suas obras têm fluxo e adequam-se de maneira harmoniosa com o entorno. Para observar suas obras vá ao Museu Brasileiro de Escultura (MuBE) e ao Sesc 24 de Maio.

Um passeio imperdível é visitar o bairro Vila Madalena, que passou, na última década, por uma vibrante renovação arquitetônica. Otávio Zarvos, um dos melhores arquitetos em atuação no Brasil, é o responsável por essa nova onda de projetos arquitetônicos com uma roupagem contemporânea no bairro. À frente da Idea!Zarvos, Otávio Zarvos transformou o bairro em um destino para quem aprecia arquitetura.

O Mirante do Vale, arranha-céu de São Paulo com 170 metros de altura, foi considerado o mais alto prédio brasileiro por 48 anos. O engenheiro responsável, Waldomiro Zarzur, demorou 6 anos para construir essa que é uma das maiores obras de engenharia brasileira.

cidades-brasileiras-arquitetura-06

Casa de Vidro, em São Paulo, por Lina Bo Bardi

Você já visitou essas cidades ou tem outras dicas para nos dar? Compartilhe conosco a sua experiência. Nós, da MKS, temos o compromisso de desenvolver edifícios práticos e de boa arquitetura — uma construção que tenha uma relação de equilíbrio com a cidade e que se constitua como uma referência arquitetônica e de engenharia! Saiba mais sobre nossos projetos.

Voltar
Vamos conversar?
Entre em contato conosco através do formulário abaixo ou pelo e-mail. Responderemos o mais breve possível.

quero que entrem em contato comigo através do whatsapp